Dicas de iluminação pensadas para cada cômodo da sua casa

Dicas de iluminação pensadas para cada cômodo da sua casa

Iluminação não é um mero detalhe, mas um fator que faz toda a diferença para o ambiente, influenciando na decoração, no bem-estar e na rotina diária. Eis algumas dicas  de iluminação para casa!

Ter uma casa bem iluminada é tão importante quanto os outros aspectos com que costumamos nos preocupar mais, como cor de parede, móveis e objetos decorativos. Não é à toa que existem profissionais que se dedicam a estudar a melhor maneira de iluminar cada cômodo.

Com base na opinião desses profissionais, reunimos aqui as principais dicas de iluminação para cada cômodo da casa, levando em conta as suas funções  no dia a dia. Confira!

1. Hall de entrada e corredores

Vamos ao primeiro cômodo, cuja função é importante na casa, mas, muitas vezes, ele acaba sendo negligenciado no aspecto decoração.

O hall de entrada deve ser um ambiente acolhedor, pois é o que dá a primeira impressão sobre a sua casa. Nele, a iluminação pode ser indireta e mais intimista, destacando determinado elemento da decoração. Luzes focais, lustres, arandelas ou LEDs  podem ser úteis.

Nos corredores, esse mesmo truque de dar destaque a algum objeto ou de colocar um lustre pode resultar num toque especial ao seu lar.

2. Sala de Estar

Como se trata de um cômodo para relaxar e passar momentos  com a família ou amigos, deve ter uma iluminação aconchegante e que sirva para diferentes situações.

O ideal é que tenha mais de um ponto de iluminação para que se possa escolher a intensidade da luz, principalmente se o cômodo tiver aparelho de TV.

Onde há mesas, é importante que fique mais claro ou tenha uma luz focal, assim como não se deve colocar luzes acima do sofás ou locais que as pessoas usem para descansar.

3. Sala de jantar e cozinha

A sala de jantar tem algumas exigências, como uma luz acima da mesa, além da iluminação principal.

Em casas onde a cozinha é conjugada com a sala, é preciso criar uma iluminação boa o suficiente para que se possa realizar os afazeres domésticos; e, ao mesmo tempo, apagar a cozinha, mantendo a sala acesa quando for preciso.

Nas cozinhas, a luz branca com grande Índice de Reprodução de Cor (IRC) é mais recomendada.

4. Banheiro e lavabo

No banheiro existem duas regrinhas básicas: uma luz bem clara e forte que ilumine todo o cômodo e outra próxima à bancada da pia perto do espelho.

Para essa lâmpada do espelho, é importante lembrar que o rosto da pessoa não pode ter sombra e, por isso, uma luminária difusa e indireta focada no rosto é o ideal. Outro ponto importante é que, nesse cômodo, não se usa luz amarela

5. Quartos

Finalmente, um dos cômodos mais importantes da casa: o quarto! Nesse local, a iluminação precisa ser mais baixa do que nos demais, principalmente em relação à cozinha e ao banheiro.

No quarto, é interessante ter mais de uma fonte de iluminação, de forma que os diferentes  ambientes fiquem bem divididos e sejam pensados para as atividades.

Em quartos em que há local para estudar ou trabalhar, como os  home offices, abajures e luminárias pontuais podem fazer toda a diferença para a rotina, aumentando a concentração.

Comentários

comments

Comentários