Conheça os melhores filmes brasileiros de todos os tempos

Conheça os melhores filmes brasileiros de todos os tempos

Comemorado no dia 05 de novembro, o Dia Nacional do Cinema Brasileiro é uma homenagem à primeira exibição cinematográfica pública do Brasil, ocorrida no Rio de Janeiro, em 1896.

De lá para cá muita coisa mudou e, principalmente, evoluiu, com grandes filmes fazendo sucesso país afora. Por isso, aproveitamos a data e preparamos uma lista com os 09 melhores filmes brasileiros de todos os tempos, de acordo com um concurso realizado pelo grupo do Cinetoscópio, no Facebook, para você conhecer um pouco mais da riqueza do cinema nacional!

Cidade de Deus (2002)

Buscapé (Alexandre Rodrigues) é um jovem pobre, negro e muito sensível, que cresce em um universo de muita violência. Buscapé vive na Cidade de Deus, favela carioca conhecida por ser um dos locais mais violentos da cidade.

Amedrontado com a possibilidade de se tornar um bandido, Buscapé acaba sendo salvo de seu destino por causa de seu talento como fotógrafo, o qual permite que siga carreira na profissão. É através de seu olhar atrás da câmera que Buscapé analisa o dia a dia da favela onde vive, onde a violência aparenta ser infinita.

O Bandido da Luz Vermelha (1968)

Mais uma excelente opção dos melhores filmes brasileiros de todos os tempos e inspirado em fatos reais, este filme narra a história de um assaltante misterioso (Paulo Villaça) que usa técnicas extravagantes para roubar casas luxuosas de São Paulo.

Ele é apelidado pela imprensa de “bandido da luz vermelha”, já que traz sempre uma lanterna vermelha e conversa longamente com suas vítimas. No entanto, seus roubos e crimes chamam tanta atenção que um implacável policial começa a perseguir o “bandido da luz vermelha”.

Central do Brasil (1998)

Dora (Fernanda Montenegro) é uma mulher que trabalha na estação Central do Brasil escrevendo cartas para pessoas analfabetas; uma de suas clientes, Ana, aparece com o filho Josué (Vinícius de Oliveira) pedindo que escrevesse uma carta para o seu marido dizendo que Josué quer visitá-lo um dia.

Saindo da estação, Ana morre atropelada por um ônibus e Josué, de apenas 9 anos, sem ter para onde ir, se vê forçado a morar na estação. Com pena do garoto, Dora decide ajudá-lo e levá-lo até seu pai que mora no sertão nordestino.

No meio dessa viagem pelo Brasil, eles encontram obstáculos e descobertas enquanto o filme revela como é a vida de pessoas que migram pelo país na tentativa de conseguir melhor qualidade de vida ou poder reaver seus parentes deixados para trás.

Limite (1931)

Um barco está perdido no oceano com três náufragos – um homem e duas mulheres. Sem ter o que fazer e com pouquíssimas esperanças de salvação, cada um deles passa a contar para os demais a história de suas vidas, relembrando os acontecimentos que os levaram até ali, três destinos à deriva, confinados em um espaço onde tudo é limite.

Edifício Master (2002)

Na produção de Edifício Master, o diretor e sua equipe mantiveram-se durante três semanas dentro do edifício, literalmente morando lá, com a intenção de que ocorresse uma ambientação entre a equipe que produzia o documentário e os moradores.

Com o intuito de conhecer melhor as pessoas ali residentes, eles chegaram a entrevistar um total de 37 moradores, extraindo histórias íntimas e pessoais de cada um deles e estes foram escolhidos para serem os personagens principais do filme.

Os moradores do edifício são pessoas provenientes de diferentes locais e origem, com idades diversas, e com histórias distintas de vida, mas habitando todas em um mesmo local. Estes mesmos moradores raramente se veem, ou nem sabem da existência um do outro.

Terra em Transe (1967)

O senador Porfírio Diaz (Paulo Autran) detesta seu povo e pretende tornar-se imperador de Eldorado, um país localizado na América do Sul. Porém, existem diversos homens que querem este poder, que resolvem enfrentá-lo. Enquanto isso, o poeta e jornalista Paulo Martins (Jardel Filho), ao perceber as reais intenções de Diaz, muda de lado, abandonando seu antigo protetor.

São Paulo, sociedade anônima (1965)

Em São Paulo, entre 1957 e 1961, é mostrada a trajetória de Carlos (Walmor Chagas), que pertence à classe média. Guiando-se pelas chances imediatas que lhe são dadas pela sociedade, ele ingressa numa grande empresa.

Depois aceita um cargo numa fábrica de autopeças, da qual torna-se gerente. À certa altura se vê na pele de um chefe de família, que trabalha muito, ganha bem, mas vive insatisfeito. Sem projeto de vida ou perspectivas de se opor à condição que rejeita, só lhe resta fugir.

Eles não usam black-tie (1981)

Em São Paulo, em 1980, o jovem operário Tião (Carlos Alberto Riccelli) e sua namorada Maria (Bete Mendes) decidem casar-se ao saber que a moça está grávida. Ao mesmo tempo, eclode um movimento grevista que divide a categoria metalúrgica.

Preocupado com o casamento e temendo perder o emprego, Tião fura a greve, entrando em conflito com o pai, Otávio (Gianfrancesco Guarnieri), um velho militante sindical que passou três anos na cadeia durante o regime militar.

O Pagador de Promessas (1962)

Zé do Burro (Leonardo Villar) e sua mulher Rosa (Glória Menezes) vivem em uma pequena propriedade a 42 quilômetros de Salvador. Um dia, o burro de estimação de Zé é atingido por um raio e ele acaba indo a um terreiro de candomblé, onde faz uma promessa a Santa Bárbara para salvar o animal.

Com o restabelecimento do bicho, Zé põe-se a cumprir a promessa e doa metade de seu sítio, para depois começar uma caminhada rumo a Salvador, carregando nas costas uma imensa cruz de madeira.

Mas a via crucis de Zé ainda se torna mais angustiante ao ver sua mulher se engraçar com o cafetão Bonitão (Geraldo Del Rey) e ao encontrar a resistência ferrenha do padre Olavo (Dionísio Azevedo) a negar-lhe a entrada em sua igreja, pela razão de Zé haver feito sua promessa em um terreiro de macumba.

Gostou da lista dos melhores filmes brasileiros de todos os tempos? De diferentes épocas, estilos e diretores, a lista contém opções para todos os gostos. E você? Tem mais algum filme que ficou de fora da lista? Deixe o seu comentário abaixo.

Comentários

comments

Comentários