Margarina ou manteiga: qual é a melhor opção?

Margarina ou manteiga: qual é a melhor opção?

O mundo dos alimentos é cheio de mitos e, muitas vezes, nos pegamos com dúvidas sobre o que comer e quais alimentos podem ser inseridos na dieta diária. Até mesmo na hora de pesquisar, nos deparamos com diferentes pontos de vista. Um caso clássico dessa dúvida é se devemos utilizar manteiga ou margarina.

Afinal, qual a melhor opção para o dia a dia? Posso usar manteiga todos os dias? E a margarina, é mesmo saudável como vemos em comerciais de televisão?

Tudo isso você verá aqui nesse post, no qual vamos mostrar dados importantes sobre cada um desses alimentos e indicar a melhor maneira de utilizá-los. Continue acompanhando!

O que devemos saber sobre a manteiga e a margarina?

Manteiga

Ninguém resiste a um pão quentinho com manteiga no café da manhã. Com tantas obrigações no dia a dia fica difícil abrir mão desse hábito que faz tudo ficar mais gostoso. Mas e a saúde, será que fica prejudicada pelo consumo diário de manteiga?

A manteiga é uma gordura de origem animal, sendo a nata do leite batida até virar um creme de leite com soro e glóbulos de gordura.

Nesse processo, a parte líquida é retirada e o que fica é a parte gordurosa, que é a manteiga propriamente dita.

Como é uma gordura animal, é digerida com mais facilidade no organismo humano. Mas também tem suas contraindicações, como o fato de ser saturada. Falaremos sobre isso lá na frente.

Margarina

A margarina é uma gordura vegetal, porém, transformada em processo químico. Dessa forma, é chamada de gordura “trans”, justamente por mudar de formato ao ser quimicamente alterada.

Logo, devido a esse processo, a margarina não é digerida com tanta facilidade pelo nosso organismo, sendo mais difícil de sintetizá-la.

Por conta disso, a ideia de saúde vinculada à margarina durante muitos anos têm caído por terra ultimamente.

Vamos agora à comparação entre as duas gorduras e, finalmente, ver qual é a melhor!

Manteiga ou Margarina: saturada ou “trans”?

Nessa comparação, a escolha do tipo de gordura que podemos consumir está entre a saturada ou a “trans”.

gordura saturada pode aumentar o colesterol ruim e o bom, além de carregar um risco de se acumular na parede das artérias.

Porém, ela não é completamente ruim para o organismo, pois contém ácidos graxos de qualidade, como o ácido butírico. Tal ácido tem o poder de diminuir inflamações no sistema digestivo.

Com isso, muitos especialistas recomendam inserir esse tipo de gordura na dieta com a quantidade máxima diária de 1 colher de chá por dia.

gordura “trans” aumenta o colesterol ruim e diminui o bom, diferente da saturada que aumenta o bom. Além disso, por não ser absorvida com facilidade pelo organismo, pode acumular nos vasos sanguíneos e no fígado.

No geral, os especialistas não recomendam mais o seu consumo. Por isso, podemos dizer que entre a manteiga e a margarina, é melhor consumir moderadamente a manteiga.

Para aqueles que não consomem produtos de origem animal, existe uma fórmula de margarina que não contém gordura “trans” e que pode ser uma alternativa mais saudável.

Essa margarina passa por um processo chamado interesterificação e possui um selo de aprovação da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Já que estamos falando de tipos de gordura, aproveite para saber também o que é melhor para cozinhas: óleo ou azeite?

Comentários

comments

Comentários