Tipos de macarrão: tudo o que você precisa saber sobre as diferenças das massas

Tipos de macarrão: tudo o que você precisa saber sobre as diferenças das massas

O macarrão é um alimento que está presente na mesa dos brasileiros há muitos anos e é extremamente popular. Ele é versátil, pois pode ser combinado com diversos tipos de molhos e acompanhamentos e também rápido e fácil de fazer sendo um dos pratos preferidos de quem mora só.

Mas você sabe a diferença entre as massas que compra? Já percebeu que alguns pratos ficam melhor com um determinado formato de massa? E a composição? Já parou para analisar? Pois é, as massas podem ser bem diferentes entre si e conhecer um pouco sobre essas diferenças reflete no paladar.

Veja abaixo quais são elas e deixe o seu dia a dia mais prático na hora de comprar a sua massa no supermercado!

Composição

Quando o assunto é composição, ou seja, de quais ingredientes são feitas as massas, você pode até achar que não há muita diferença. Afinal de contas, todas levam farinha de trigo e ovo. Mas nem só desses dois ingredientes “vive” o macarrão. Podemos pensar em vários tipos:

 

  • Grano duro: feito com trigo durum. Um macarrão que fica al dente e a massa fica muito mais solta;
  • Com ovos: são 3 ovos para cada quilo de farinha;
  • Sêmola: é o tipo mais caro, pois o trigo é nobre;
  • Comum: é a massa que mais encontramos nos supermercados, feita com farinha de trigo e água basicamente;
  • Integral: para aqueles que precisam de mais fibra na dieta, o macarrão integral é perfeito;
  • Caseiro: pode ter um sabor especial por não conter nenhum tipo de produto químico e ser feito para consumir na hora. Pode ser feito com ou sem ovo e absorve uma maior quantidade de molho;
  • Com vegetais: quando algum vegetal como espinafre, cenoura e outros são adicionados à massas.

 

Formato

Quanto ao formato, podemos encontrar os mais variados e isso interfere no sabor, no visual do prato e também na textura da massa. Vejamos as diferenças.

Massas curtas

Elas podem fazer parte de uma salada, por exemplo, podendo ser servidas tanto quentes quanto frias. Veja quais são elas:

 

  • Caracol: é excelente para o jantar;
  • Conchiglione: perfeito para um macarrão quatro queijos;
  • Gravata: ótimo para servir com molho branco;
  • Fusilli: também conhecido como macarrão parafuso. O tipo colorido é ótimo para crianças;
  • Penne, rigatone e tortiglioni: possuem um formato muito parecido e ficam ótimos com carnes desfiadas.

 

Massas longas

Provavelmente são as mais utilizadas no dia a dia. Combinam perfeitamente com molhos menos encorpados como o molho de tomate ou molho shoyu. Receitas de macarrão alho e óleo também casam muito bem com esse tipo de massa. Aqui podemos falar sobre os tipos: fidelini, ninho, fettucine e espaguete.

Para sopas

E como não poderia deixar de ser, é mais do que essencial falar das massas indicadas para fazer sopas. Como é um prato com outros alimentos além dos temperos (carnes e verduras) não é qualquer tipo de massa que fica bem para uma sopa. Além disso, o ideal é que o formato caiba por inteiro na colher, para que as pessoas não tenham dificuldade na hora de consumir. Eis as massas mais indicadas:

 

  • estrelinha;
  • letrinhas;
  • conchinha;
  • fideli;
  • argolinha.

 

Há, é claro, vários outros tipos de massas que podem ser usadas para fazer os mais diversos pratos. Por exemplo, o ravioli, que normalmente possui recheio, ficam ótimos em jantares, a massa de lasanha é perfeita para aquele almoço em família no domingo e ainda tem outras mais como o canelone, o capeletti e outros.   

Na hora e comprar a sua massa nos supermercados, faça a sua melhor escolha optando pela marca Casaredo!

Este site usa cookies para melhorar e personalizar sua experiência com nossos conteúdos e anúncios. Ao navegar, você autoriza a Casaredo a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de cookies.